Quando é demais? – Dicas para os pais conseguirem ter um relacionamento mais saudável com seus smartphones.

Quando é demais? – Dicas para os pais conseguirem ter um relacionamento mais saudável com seus smartphones.

Como podemos ser bons modelos para os nossos filhos na utilização equilibrada do telemóvel?

Foi lançada no Reino Unido, a iniciativa #ScrollFreeSeptember que nos convidava para uma experiência única de realizarmos uma pausa em todas as redes sociais durante os 30 dias do mês de Setembro. Um bom relacionamento é de equilíbrio, e o Scroll Free September teve como objetivo ajudar as pessoas a chegar a esse ponto no que diz respeito à utilização dos media, sejam eles on ou offline.

Será que é pedir demais quando nos desafiam a desligarmo-nos das redes sociais e pararmos com a sua utilização durante um mês inteiro? Como pais e educadores, temos de aprender a ser bons modelos para nossos filhos.  Na verdade ninguém nos ensinou a usar smartphones, e também estamos ainda a tentar entender quais as melhores práticas.

Quantos de nós trabalham em casa ou têm um  negócios on-line? Grande parte dos pais anda numa correria constante entre o trabalho e o cuidado das crianças. Os smartphones são uma ferramenta revolucionária, mas como conseguir o equilíbrio certo?

Perguntamos a vários pais e responsáveis ​​quais eram suas principais dicas para um relacionamento mais saudável com o smartphone.

  1. Não leve o telefone para a cama – “Eu deixo o meu telefone no andar de baixo quando vou para a cama e acabo por não estar toda a noite a palmilhar o que acontece nas redes sociais . Exclui também algumas aplicações. Tomei uma decisão consciente de usar menos as redes sociais e isso fez-me ganhar muito tempo”.
  2. Experimente com a sua família regras que funcionem: “Estou a experimentar uma nova regra: decidir quando os meus filhos podem usar os seus gadgets. A única exceção é quando é necessário fazer uma pesquisa para os trabalhos de casa”.
  3. Coloque o seu telefone a vibrar – “Tenho quase sempre o meu telefone em silêncio (a vibrar). Dessa forma não me sinto obrigado a olhar constantemente  para o telemóvel”.
  4. Desligue as notificações “Desative as notificações para não se distrair constantemente. Esteja nos redes sociais  apenas em horários definidos. Isso é o que eu faço e encorajei a minha filha a fazer o mesmo quando ela começou a usar o WhatsApp”.
  5. Não fique muito disponível (mas também não aconselhamos desligar o telemóvel pois pode ser necessário para emergências )

“Acidentalmente tive meu telefone ligado com a mensagem NÃO PERTURBAR durante 2 meses! Acabei por pensar que meu telefone estava estragado! Foi fantástico ! Tenho que admitir que, se o meu telemóvel tocar, ficarei surpreendido! Detesto quando alguém me liga para saber porque é que coloquei o meu telemóvel neste estado! Tenho TODAS as notificações desativadas e removi apps. Puro êxtase!”

  1. Estabeleça regras que funcionem  na sua família“Ouvi alguém dizer que entregava um tablet aos filhos na sexta-feira à noite completamente carregado e quando a bateria acabasse só o teriam novamente carregado na sexta feira seguinte. Estou planear experimentar esta estratégia”.
  2. Use o seu computador em vez do seu telemóvel “Eu trabalho em casa e estou a tentar trabalhar mais no computador em vez de ser no telemóvel, para que as crianças não me vejam sempre com metade da atenção neles e a outra metade no telemóvel. O computador parece menos uma barreira e tenho menos preocupações no que diz respeito ao telemóvel”.
  3. Ter tempos livres no uso de dispositivos – A Common Sense Media realizou recentemente uma campanha  #DeviceFreeDinner – ter tempo para a família sem dispositivos. Quantos de nós trazem os telemóveis para a mesa de jantar ou assistimos a um filme com os filhos enquanto utilizamos em simultâneo o telemóvel?

“Na maior parte do tempo utilizo o telemóvel à frente do meu filho, e ele tem apenas 2 anos. Recentemente tenho tentado (nem sempre com sucesso!) parar de olhar para as redes sociais nos 4 dias em que ele está no berçário, já que nesses dias eu só o vejo por algumas horas pela manhã e algumas horas à noite. Tenho de ser capaz de sobreviver sem a utilização do telemóvel por um curto período de tempo. Noto definitivamente uma diferença no comportamento do meu filho quando estou a utilizar o telemóvel ”.

  1. Desligar o Wi-Fi – será um extremismo?! – Para alguns pais de adolescentes o que acontece é que estão a desligar o WI-Fi às 22 horas  para todos os membros da família.
  2. Mantenha seu telefone longe da vista“Acabei de conversar com uma amiga que diz que deixa o seu telemóvel na cozinha à noite. Ela só olha para ele se for buscar alguma coisa, mas deixa-o de lado. Eu nunca levo meu telemóvel para a cama, pois condiciona sempre as minhas horas de estudo noturno”.

Deixe o seu telefone noutra divisão longe daquela onde está a trabalhar / a fazer os trabalhos de casa / a concentrar-se em fazer uma qualquer tarefa. Assim não haverá oportunidade de perder a sua concentração a olhar para o telemóvel . (Rob Moore deixa o seu telemóvel numa outra divisão da casa até à hora de almoço).

  1. Respeite – “Nós * tentamos * ser realmente rigorosos em nossa casa. Quando o meu filho pequeno era criança li uma ótima sugestão numa revista para pais – imagine que o seu filho é um dos seus amigos; você estaria constantemente ao telemóvel em frente dele? Tente oferecer ao seu filho o mesmo respeito ”.
  2. Limpe as suas apps – Ou então coloque os seus “guilty pleasures” como o Facebook e outras redes sociais  numa pasta para que o percurso para chegar aos mesmos seja mais difícil (esta é uma decisão consciente na forma como se acede aos mesmos).
  3. Saiba há quanto tempo está a usar o telemóvel através do Moment App -“Eu fiz o download da aplicação “Moment”, que regista há quanto tempo se está a utilizar o telemóvel e nos informa todos os dias da nossa realidade. Fiquei chocado com os dados e com a quantidade de tempo em que utilizo o telemóvel – o uso das redes sociais é um dado que faz parte desta informação – o que realmente me ajudou a diminuir a utilização”.
  4. A nova tecnologia pode apoiar o controle dos pais“Quando o próximo telemóvel ios12 sair, ele terá mecanismos de controle para que possa restringir o tempo permitido até em aplicações individuais. Eu tenho adolescentes, então farei uma negociação”.
  5. Estar presente“Olhar para o ecrã do seu telemóvel quando fala consigo (culpado). Eu comecei a perceber que meus filhos não olhavam para mim quando eu falava com eles (mesmo que eles não estivessem a utilizar um dispositivo) e percebi que é porque eu sou multitasker (respondo muitas vezes aos meus filhos a olhar para o telemóvel). Agora as conversas são feitas cara a cara e peço-lhes que façam o mesmo comigo. É  tão melhor a comunicação desde que começamos a utilizar esta estratégia”.

Quais são as suas principais dicas para obter um melhor equilíbrio com sua tecnologia? Partilhe os seus pensamentos connosco através dos contactos mediasmart@apan.pt.

 

Related Posts

Nenhum resultado encontrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Menu

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a política de cookies. mais informações

Ao navegar no site estará a consentir a utilização de cookies. Para obter mais informação acerca de cookies e da forma como são utilizados no website da Media Smart, visite a nossa página de "Política de Cookies" ou a página de "Política de Privacidade".

Fechar